OMA - Q/R - Parte 1 - Março 2017

Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio

Eh bem caros amigos, estou extremamente contente em encontrá-los, a maioria de vocês sempre tão fiéis ao posto e sempre presentes na superfície de seu mundo. Eu lhes transmito todas as minhas bênçãos e se vocês querem, nós vamos primeiramente tomar um momento muito curto de comunhão antes de trocarmos, dialogarmos e falar, se vocês o querem. Então, um momento de coração a coração como se diz, eu creio.
… Silêncio…
Então caros amigos, caros irmãos e caras irmãs, eu não duvido que vocês têm muitas coisas a dizer, aliás eu também. Se vocês quiserem, eu espero como sempre ter a oportunidade de dizer o que eu tenho a lhes dizer trocando e respondendo às suas questões, mas se esse não for o caso, certamente eu intervirei antes do dia da Santa Trindade para dizer o que eu poderia ter omitido de lhes dizer durante todas essas trocas que nós vamos ter. Talvez vocês saibam também que depois de mim vocês terão dois dias para suportar nosso querido Bidi, que vem colocar às claras algumas pequenas coisas, se posso dizer, agora que vocês vivenciaram o que vocês tiveram de passar durante este inverno que agora se escoa, e que termina. Então eu lhes deixo a palavra e nós vamos ver para onde vocês vão orientar as coisas. Então eu o escuto, caro amigo.

Questão : há alguma razão particular para a instalação de numerosas águias no norte do Gard (N.T. região de Languedoc) desde 3 ou 4 anos ?
Bem aí, caro amigo, eu não conheço o modo de vida das águias, mas o que eu posso dizer, é que efetivamente as águias, aliás como todos os animais, quer eles estejam no ar, na água ou sobre a terra, todos têm essa capacidade inata para pressentir um certo número de coisas. Vocês não estão sem ignorar, por exemplo, que muitos animais, raças de animais, deixam a 3ª dimensão para reencontrar de alguma forma seu plano de eternidade. Isso começou já há numerosos anos e isso concerne sobretudo, em um primeiro tempo, aos animais como vocês dizem, da água, e aos mamíferos marinhos, e agora a todas as espécies marinhas.

Isso toca também a terra e certamente tocou, antes de tocar a água, mas em uma menor medida, devido ao impacto das radiações eletromagnéticas de Nibiru, mas também do centro da galáxia, como de Sírius ou ainda da radiação do Ultravioleta, Sol de Miguel, provocou há numerosos anos, aliás antes mesmo dos fenômenos da água, os fenômenos do ar, e algumas espécies de pássaros, em lugares pontuais, se vocês querem, partiram, deixaram este plano. Mas isso está sempre ligado, no nível do ar, ao impacto que era mais restrito, se posso dizer, da Luz adamantina há alguns anos. Isso, isso produziu-se para as aves domésticas que estavam no ar.  Para os mamíferos marinhos, tudo isso  estava ligado à difusão da Luz adamantina no interior da própria água, enquanto que nos ares, era necessário que os pássaros que estavam em processo de extinção, atravessassem em certa medida o que foi chamado os Pilares de Luz, que agora, como vocês o sabem, são estabilizados pelo povo dos dragões, de onde quer que eles estejam.

Então tudo isso para dizer que as águias, efetivamente, podem seguir, como os outros mamíferos e outros animais, e mesmo os insetos, os corredores que não são das migrações habituais, mas que antecipam, se vocês querem, as mudanças estruturais da Terra, que eu havia chamado a expansão da Terra, ligada entre outras à radiação do centro galáctico, à tripla radiação do Espírito Santo, do Ultravioleta e da Fonte, mas evidentemente agora retransmitidas por essa estrela chamada Nibiru ou Hercóbulus – que, como vocês sabem, joga esconde-esconde com vocês e está muito próxima, já desde o ano passado, de mostrar-se a vocês, o que dará o sinal, como vocês dizem, da partida.

Assim certamente vocês podem observar que os comportamentos dos animais, os comportamentos dos humanos, os comportamentos dos insetos e mesmo dos vegetais, estão agora modificados de maneira importante pela Luz adamantina e pela Liberdade que se apresenta sobre a terra. Então sim, há necessariamente uma implicação. Quando um animal muda de habitat, mesmo que eu não conheça seus hábitos, se posso dizer, dessas aves de rapina, é evidente que elas estão informadas pelos receptores magnéticos que são mais desenvolvidos do que no homem, de todas as modificações do sinal elétrico ou magnético da Terra, vindo do núcleo cristalino da Terra ou vindo da atmosfera terrestre, e então repercutindo desde espaços muito distantes, como Sírius, como a Fonte ou ainda como o Centro Galáctico.

Tudo isso, se vocês querem, influi agora de maneira direta sobre todos os comportamentos de tudo o que vive na superfície da terra. E aliás, como talvez vocês tenham vivido durante os últimos meses do ano precedente e do mês precedente deste ano, vocês viram coisas que se passaram em vocês e ao redor de vocês. O conjunto dos processos que se passam, que isso concirna às coisas desagradáveis, que isso concirna aos acidentes, se posso dizer, ou a problemas de seu corpo ou de sua consciência, não está aí senão para estipular, de algum modo, e apoiar, se posso dizer, a Liberação pela Luz e da Luz por vocês mesmos.

O que se desenrola neste momento não é senão a ilustração da Revelação total e final. Isso concerne tanto aos humanos como a tudo o que vive na superfície da terra, como a todas as organizações, mesmo os mamíferos entre os animais, ou ainda na apresentação da sociedade humana nas diferentes partes do mundo, uma vez que as mudanças que vocês observam na Europa, tudo o que pode se produzir na tela de sua consciência em seu ambiente próximo, em seu corpo, se desenrola por todos os lugares sobre o planeta, é claro.  É um processo que desde a instalação das linhas de Luz criadas entre as vilas dos elfos, permitiu assentar com os Pilares dos dragões, os Pilares de Luz e os Pilares de Fogo, assentar a Luz e permitir um desenvolvimento que agora não é mais, como eu disse, unicamente sobre os vórtices, mas toca a totalidade de seus corpos físicos e de seus casulos efêmeros, mas também de seus veículos de Eternidade ligados, se vocês querem,  ao corpo ascensional.

Assim alguns de vocês têm vivido modificações que se produzem, eu diria, sem o conhecimento de sua vontade ou de seus desejos. A Luz os conduz à confiança total uma vez que vocês são Luz e não essa pessoa. Assim se há a concretização da Luz em vocês, não mais no nível das Portas, ou no nível dos chakras, ou no nível das Coroas, mas no nível dessa impregnação de Eternidade, pela ativação das Portas, pela ativação dos últimos corpos ligados à sua Existência, como o 13º corpo, que doravante estão plenamente funcionais. O que quer dizer que em certa medida, eu diria que vocês não têm nada a preparar, agora tudo se prepara por ele mesmo e não está mais em função, nem da Terra, nem de vocês, nem de nós, nem do centro galáctico, nem da Fonte, nem do Sol, nem mesmo da própria Nibiru, mas é a alquimia desses diferentes fatores que dá conta do que vocês vivem. E certamente o processo está iniciado, como foi anunciado.

Agora, como vocês sabem e como nós lhes repetimos a cada vez, há períodos mais propícios do que outros. Nós não vamos jogar o jogo, este ano, de determinar períodos propícios, vocês os conhecem porque eles se reproduzem, eu diria, mais ou menos na mesma data a cada ano, já desde numerosos anos, mas efetivamente com uma intensidade e uma organização da Luz que é tal que não pode mais deixar o que quer que seja atrás de si. E é semelhante também para vocês, quer vocês aceitem ou não, e seu nível de felicidade, de alegria, seu humor, depende fortemente de como esse processo se desenrola em vocês. E eu os lembro que nem sua consciência ordinária, hoje, nem sua supraconsciência pode interferir ou modificar o que quer que seja. A única solução, se posso dizer, é seguir como sempre o que diz a Inteligência da Luz, porque agora ela lhes fala permanentemente.

Não há mais necessidade, eu diria, de maneira absoluta, dos povos da natureza, dos cristais, das experiências da consciência, mas simplesmente de viver o que a Vida lhes dá a viver, com a mesma alegria qualquer que seja o evento que sobrevém em seu corpo físico, em sua vida, e isso junta-se ao exemplo da águia : mudança de lugar, mudança de atmosfera. Tudo isso – vocês têm a impressão de que vocês o decidem, quer vocês tenham medo ou que o receiem, ou quer vocês trabalhem para realizá-lo – não depende de vocês, o que quer que vocês façam ou o que quer que vocês não façam. Porque o destino da Terra agora, nesta fase da Ascensão e da Liberação em que o Apelo de Maria pode ocorrer a qualquer momento, pede-lhes apenas uma coisa, é baixar a guarda, abandonar todas as armas e todas as estratégias que podem restar em vocês, quer isso esteja ligado aos seus hábitos, quer isso esteja ligado à sua maneira de viver, de se exprimir, e sua maneira de manifestar muito simplesmente sua consciência ordinária.

É necessário. Se isso já não foi feito, compreender que vocês não têm nenhuma possibilidade de ação em meio ao que vocês são em verdade. É claro, a pessoa sempre tem a impressão de decidir, de comprar tal roupa, de fazer tal viagem, mas mesmo isso, é seu pequeno cérebro ou grande cérebro que lhes diz e que os faz crer que vocês decidiram alguma coisa.  Mas nunca vocês decidirão nada porque doravante, e isso desde a data limite que eu havia dado, isto é o 7 de janeiro deste ano, mesmo que alguns entre vocês tenham vivido as primícias antes, vocês podem apenas se conformar ao que a vida lhes faz viver.

Deixem então a Vida vivê-los, agora mais do que nunca, antes do que querer viver a vossa vida, porque tudo é encarregado pela Luz. Assim isso junta-se nesse nível à clareza, à precisão com a qual vocês atravessaram o que era para atravessar durante o ano precedente, mas sobretudo hoje por sua capacidade, mesmo em meio ao efêmero, para aceitar e para dizer « sim » a tudo o que se produz e para não interferir com esse desenvolvimento da Luz que visa antes de tudo, para vocês, para cada um de vocês, a ignição da Merkabah interdimensional no nível da Leminiscata Sagrada, e sobretudo agora, no nível do 13º corpo.

E se vocês identificam isso, que isso seja pela percepção ou mesmo pela análise das circunstâncias de sua vida, isso não toma dias. Uma hora lhes é suficiente, mesmo intelectualmente, para se darem conta de que vocês devem entregar seu Espírito ao Único que vocês são, e que tudo o que ainda era vital para vocês, que isso seja sua família, que isso seja sua chama gêmea, que isso seja seu trabalho, que isso seja sua espiritualidade, não pesa nada diante do peso da Verdade e da Luz, que não depende de modo algum de vocês, em nenhum nível. É isso que está em vias de se realizar, com mais ou menos evidência, mais ou menos resistência. E mesmo, eu diria, se lhes chega de se encontrarem transportados para um outro lugar, um outro trabalho, um outro leito, pouco importa, não foram vocês que decidiram, mesmo que vocês acreditem que vocês decidiram ; vocês apenas seguiram, conscientemente ou inconscientemente, a Inteligência da Luz, e isso vai lhes aparecer cada vez mais claramente.

Mesmo uma dor, mesmo um sofrimento, mesmo uma perda, hoje, são apenas meios de fazê-los descobrir a totalidade do que vocês são, aqui mesmo nesse corpo, aqui mesmo nessa 3ª dimensão dissociada que hoje, posso dizê-lo, por meio do que nós observamos no nível sutil desde, eu diria, como eu disse, alguns dias antes de 7 de janeiro, um pouco antes do Natal, de constatar que as coisas mudavam a toda velocidade. Isso não é para lhes fazer, como os apelos da Luz, fazê-los viver estados de Unidade, estados de Infinita Presença, mas simplesmente para colocar claro, eu diria, sua consciência, não mais separada e dividida entre consciência efêmera e consciência eterna, ou mesmo a-consciência, mas diretamente de fazê-los viver isso quaisquer que sejam suas opiniões, quaisquer que sejam seus desejos, quaisquer que sejam suas crenças, quaisquer que sejam suas dores ou quaisquer que sejam suas alegrias. Porque agora, não é mais o apelo da Luz por pequenos toques ou por toques cada vez maiores, é a Luz que vocês são que está aí, em totalidade.

Os corpos de Existência agora estão quase totalmente ativados, quem quer que vocês sejam sobre esta terra e o que quer que vocês tenham vivido. Isso significa o quê ? Isso significa que desde o período antes do Natal, a Merkabah interdimensional coletiva está em funcionamento, e é irremediável.  Agora, quanto tempo vai durar o pavio, eu não posso saber, nem vocês, mas vocês podem apenas examinar no interior de vocês mesmos sua qualidade, quando isso se produz, de vacuidade, de desaparecimento, de alegria, de paz. Então atenção a esse nível, porque nesse nível, o que pode restar de pessoa pode intervir e lhes sussurrar nos ouvidos coisas que não vão verdadeiramente no sentido da Luz, mas sobretudo não culpabilizem e não busquem uma falha em alguma parte. É exatamente esse ajustamento de precisão que se finaliza desde numerosas semanas, como eu disse, desde o solstício de inverno aproximadamente, e que lhes dá a se colocarem aí onde para vocês é o melhor lugar para viver a Liberação e o Apelo de Maria.

Se é estar no fundo de um leito com um câncer em estado terminal, isso será assim. Se é de se encontrarem livres de todo entrave, de todo trabalho, vocês perdem o trabalho, vocês perdem o marido, vocês perdem a mulher, vocês perdem seus bens, vocês perdem tudo, vocês não são responsáveis por nada. E é através do que se desenrola em vocês desde algumas semanas que se encontra a melhor adequação com a Luz que vocês são.

Então, hoje a Vida lhes pede para deixar fazer o que se faz, em vocês como ao redor de vocês. Vocês vejam bem que no mundo, que isso sejam os buracos gruyère ( N.T. referência aos buracos do queijo tipo Gruyière) da Terra, que sejam os terremotos, que sejam os vulcões, que sejam os Elementos, que seja sua própria consciência ou a consciência social, tudo está em vias de se modificar para se reajustar sobre as circunstâncias finais. E aliás isso está concluído, eu diria, em certa medida ; não há senão a título individual o que restaria para deixar-se lustrar a Inteligência da Luz em sua consciência que doravante eu qualificaria de global. Porque haverá cada vez menos diferença entre sua consciência que vocês chamam efêmera, e que nós chamávamos efêmera, ligada à pessoa, e a consciência eterna, aqui mesmo sobre esta terra. E isso, está ligado diretamente à ignição da Merkabah interdimensional coletiva e não mais sua Merkabah somente pessoal, seja através da Onda da Vida, através do Fogo Ígneo, ou ainda através da colocação em serviço, se posso dizer, da Fonte de Cristal ou do 13º corpo.

Os animais, é claro, não têm essas preocupações, mesmo entre os grandes animais, vocês sabem, que estão ligados às origens estelares. Não há, como dizer, possibilidade de modificar esse instinto da Luz. Eu emprego a palavra instinto à vontade, porque isso não é mais a intuição.  Isso não é alguma coisa que vocês têm de escolher, isso não é algo que vocês têm de perceber, mas isso faz parte desse instinto que não é mais animal, mas que é o instinto da Luz. O instinto da Luz não pede nenhuma reflexão, nenhuma cogitação nem nenhuma resistência, vocês veem.  E então, as águias, os outros animais, podem de fato mudar de comportamento, de lugar de vida, de maneira de se apresentar, e eles não têm o mental, então eles não podem sofrer, de acordo ? Eles não têm emoções, mesmo se há uma vida que se individualiza para alguns entre eles, entre os povos domésticos como os gatos, os cães ou ainda os animais que estão, como se dizia em minha vida, em curso de individualização, isto é em vias de adquirir, eu diria, um meio que é a alma, ou um Espírito individual também em certos casos.

Então sim, os comportamentos animais, humanos, resumindo, de toda vida na superfície deste planeta, está profundamente transformada pela própria Luz que não é mesmo mais a Inteligência da Luz, mas eu diria, como já disse, a Evidência da Luz. E o que quer que lhes chegue, mesmo se vocês estão na escuridão, em seus pensamentos, em sua vida, é sempre esse instinto de Luz que guia seus passos e que guiará doravante suas vidas, atualizando o que foi dito de maneira poética por Uriel e também por outros Arcanjos, que era necessário deixar sua vida viver-se.  Nessas condições, não haverá mais interferência de qualquer coisa do passado, de qualquer projeção em um futuro quanto ao seu destino ou ainda em relação a uma data qualquer que seja.

E aliás vocês sabem, depois de mim retornará o desmancha-prazeres, que desmancha ao cubo. Aliás, é normal, desmanchar prazeres não serve para nada, mas ele desmancha ao cubo, isto é que ele lustra a pedra bruta que vocês eram para torná-los vocês mesmos, na perfeição eterna de vossa Luz. E isso, isso não necessita de nada, eu diria, sequer de investigação, sequer de compreensão, sequer de explicações, mas somente reconhecer a Evidência. E reconhecer a Evidência não se pode fazer, vocês o sabem, a partir do que pode restar de sua pessoa. Então atenção às decisões apressadas concernentes a esse instinto de Luz que lida com tudo. Não misturem seu grão de sal e tudo se passará para o melhor, ao menos até o Apelo de Maria, não é ?  

Então sim, os animais podem mudar de território. Há migrações que não são fluxos sazonais, mas migrações ligadas aos novos espaços de vida desta dimensão intrincada que é a vossa neste momento, quero dizer a cavalo sobre duas dimensões, a 3ª e a 5ª. O que explica, como eu disse, que todas as barreiras de comunicação caem e que vocês percebem por diferentes vias, quer seja a visão, quer seja a audição, quer seja a percepção direta, a sensação da energia, toda essa vida que está ao redor de vocês e que até o presente lhes era invisível e mesmo insuspeitável.

Assim vocês vão viver cada vez mais coisas que são testemunhos do encontro da Luz, e esse encontro não é por pequenos toques, agora ele é massivo, total e definitivo. Assim o que se desenrola em sua vida é apenas o resultado disso. Não há mais de buscar causas em suas memórias, há simplesmente que se render à evidência, e realmente e concretamente capitular. E isso se traduz como ? Por uma espécie de beatitude, por um Amor total e permanente. Mesmo quando vocês estão em meio à pessoa, o Amor, como eu disse, está diante, está atrás, está à esquerda e à direita e no alto e embaixo, e vocês não podem mudar nada para isso porque isso é sua verdadeira natureza, se posso dizer, e sua verdadeira essência.

Aí eu pude colocar um pouquinho em ordem sobre essa questão. Continuemos.


Questão : a gata que me acompanha veio muitas vezes dar-me cuidados quando de uma bronquite. Ela se colocava nos dois lados de algumas Portas e conectava regularmente uma Porta com o coração. O Canal Mariano estava então frequentemente ativo, ela olhava à minha esquerda. As Presenças, seres de Luz, Estrelas ou Anciãos, trabalham juntos ao nosso lado e a gata recebe orientações ?
Sim, eu prossigo o que acabei de dizer respondendo à outra questão onde eu desviei um pouco, é que certamente os animais seguem o instinto da Luz, de maneira muito mais fácil agora, sobretudo para um animal dito doméstico, não é ? Então para o momento vocês têm ainda, para muitos entre vocês quando há manifestações de cura ou de Luz muito simplesmente, vocês têm necessidade de se referir a um qualificativo e à uma forma. Certamente que há inumeráveis entidades, claro que há os povos da natureza – vocês sabem por exemplo que os gnomos podem tratar tudo o que é sólido, vocês sabem que os dragões podem ajudá-los a queimar os últimos véus, etc, etc., os elfos podem ajudá-los a comunicar melhor, com vocês mesmos e com os irmãos e irmãs, humanos ou não -, mas tudo isso, é acessório agora. Porque é claro, temos sempre a tendência a nomear, identificar, e certamente, quando a Luz está aí, está cheio de consciências e Presenças, mas o que age, não somos nós, não são vocês, é o que eu acabei de dizer : é mais do que a Inteligência da Luz, é o próprio instinto da Luz que age.
Depois, é claro, vocês talvez tenham a necessidade de atribuir a percepção, a visão, a uma forma, a uma entidade precisa, com características e qualificativos precisos, mas em definitivo não é senão a Luz, porque vocês sabem que o mundo é vocês. Quando vocês dormem, como disse nosso querido Bidi, o mundo existe ? Não. E isso, é o que vocês vivem agora, vocês não têm mais necessidade de dormir. Como eu também disse, vocês não têm necessidade de comer – de fato, vocês não têm necessidade de nada, a não ser de estar na alegria. Mas não é uma necessidade agora, não é alguma coisa a buscar, é algo que floresce abundantemente, se posso dizer, a partir do instante em que vocês capitulam, a partir do instante em que vocês não fazem uso do que constitui a pessoa efêmera. É certo que vocês não vão desaparecer, ao menos até o Apelo de Maria, mas em alguns casos, a Luz lhes pede outra coisa do que vocês haviam projetado, visto ou percebido. E é isso que está em vias de se produzir.
Então naturalmente vocês têm a impressão, e é verdadeiro em um certo nível, que vocês veem cada vez mais coisas, que vocês se comunicam de maneira cada vez mais ampla com o invisível, com os povos da natureza, com a própria natureza, com os irmãos e as irmãs. É normal uma vez que os véus estão dissolvidos e resta apenas o último véu da camada e dos casulos de Luz, para aqueles que não dissolveram a alma, que se chama o corpo causal. Esse corpo causal está furado em todas as partes pela Inteligência da Luz. Aliás vocês sabem, nos escritos iniciáticos, mesmo antigamente, que o que se chamava a liberação da encarnação, do samsara, também passava por isso, quer dizer o fato de queimar o corpo causal  a fim de não mais estar submisso, se posso dizer, à ilusão da pessoa e à ilusão da reencarnação. E é isso, esse último véu que lhes dá a ver, que esclarece, não para julgar, não para corrigir, não para mudar, mas para ver a evidência, muito simplesmente. Há, eu diria, mesmo o que você tem  a impressão de ter de atravessar ainda como memórias, como sofrimentos, como dúvidas, é apenas o reflexo da instalação da Luz e não depende mais de vocês em qualquer explicação ou em qualquer compreensão.
Havia uma outra parte, eu creio,  na questão. Podemos reler ?

Questão : a gata que me acompanha veio muitas vezes dar-me cuidados quando de uma bronquite. Ela se colocava nos dois lados de algumas Portas e conectava regularmente uma Porta com o coração. O Canal Mariano estava então frequentemente ativo, ela olhava à minha esquerda. As Presenças, seres de Luz, Estrelas ou Anciãos, trabalham juntos ao nosso lado e a gata recebe orientações ?
Mas eles trabalham permanentemente, uma vez que todos nós estamos no interior de vocês, simplesmente vocês o conscientizam agora. Não há do céu e da terra. Antes, vocês tinham a impressão, com o olhar fragmentário, para aqueles que eram clarividentes, que quando, por exemplo, eu chegava, eles viam ao lado do canal essa forma que descia. Depois, vocês tiveram a possibilidade de sentir as Presenças no Canal Mariano. Mas quando eu lhes disse que tudo está no coração, que o mundo inteiro está em vocês, é isso que vocês veem agora : não há nenhuma separação, não há mesmo nenhuma forma. Todas as formas que vocês veem não são senão vocês ; e eu que me exprimo, são vocês, cada um de vocês e todos juntos. Compreensivelmente é delicado, para a consciência fragmentada, quando há um limite corporal como na forma carbonada quando nós estamos encarnados, é difícil de aceitar isso, é difícil compreendê-lo. Aliás, não se pode compreender isso, porque o cérebro não é de nenhuma utilidade para isso, e o mental não mais, isso é somente para viver, porque é o que vocês são, é tudo.
Então vocês não podem mais se preocupar, vocês não podem mais ter o sentimento de ter a escolha, porque tudo se faz sem o conhecimento de sua vontade, não é ?  E mais vocês veem isso, mais leves vocês estão, e mais vocês veem isso, mais vocês se desprendem, se posso dizer, de tudo o que poderia ainda retê-los de uma maneira ou de outra, em meio à adesão à pessoa. Evidentemente isso pode ser desestabilizante, para aqueles entre vocês que, quaisquer que sejam as experiências vividas, estão ainda atados à uma história. Mas é o fim da história, e essa história não é substituída por uma outra história uma vez que todas as histórias não têm senão um tempo, uma história sempre tem um começo e um fim, e vocês, vocês não têm nem começo nem fim. Eu penso que Bidi retornará nisso de forma mais intensa, vamos dizer.
Respondi então a questão.

Questão : nos movimentos da Leminiscata, tenho os olhos que picam como se houvessem agulhas. É normal ?
Sim, aliás vocês devem sentir essas agulhas, bem aí você fala da Leminiscata sagrada que é fato efetivamente, que foi dada há muitos anos para permitir a facilitação, se posso dizer, da descida e da subida da Luz, nos dois sentidos. A descida da Shakti e a subida da Onda da Vida, isto é a Kundalini corrigida, se vocês preferem, não é a verdadeira Kundalini, e portanto a Leminiscata sagrada vai, por essa hiperoxigenação de Luz e não de oxigênio sozinho, permitir fluidificar.
Da mesma maneira, é semelhante para todos os outros níveis. Muitas vezes vocês vão sentir picadas extremamente breves como de pequenos golpes de agulhas, repetidos às vezes, mas muito breves, em diferentes locais do corpo, e não necessariamente sobre as Portas, em locais extremamente variados. Pode ser nos olhos, pode ser um ombro, pode ser um cotovelo. Tudo isso é a Luz.  Não há nenhuma falha, não há nenhuma dualidade, há somente percepções, é tudo. Mas essas percepções, esses sentir energéticos, vibratórios, ou da consciência, vão cada vez menos alterar a imutabilidade do que vocês são e que agora está presente. É por isso que a Merkabah interdimensional pessoal e coletiva, estão agora para disparar.
Outra questão. Vocês podem também interromper as questões escritas se vocês têm necessidade de complementos, hein, é uma discussão em ziguezague certamente.
Bem, se não há pergunta, façamos a próxima questão.

Questão : durante os meses de janeiro e fevereiro, eu tive aumentos de raiva, de emoções às vezes muito violentas, uma grande atividade mental, e também pensamentos suicidas que me atravessavam. Você pode me esclarecer ?
Bah é muito lógico, o ego não tem nenhuma porta de saída. A pessoa, ela própria, quero dizer a consciência efêmera como a chamamos ainda no ano anterior, não tem mais nenhuma escapatória,  que isso seja, certamente em breve no nível físico, quer no nível espiritual (já adquirido), ou ainda no nível das crenças ou das histórias quaisquer que elas sejam. E isso, pode ser efetivamente frustrante para aqueles que ainda se apoiam em suas histórias e que se apoiam sobre a história como muletas, que falam de sua vidas passadas, de seus amores passados, da projeção em um futuro. Dito de outra forma, é o instante presente que se instala, e no instante presente, vocês sabem, não há lugar nem para o passado nem para o futuro, há somente o que é no instante.
A verdadeira Vida, como eu já disse, ela está aí, ela não está em nenhum outro lugar, ela não está em busca de um objetivo relacionado à pessoa, mesmo se esse objetivo, inicialmente, foi apresentado pela própria pessoa como espiritual. Vocês veem ? Portanto mais ou menos facilmente, para aqueles que têm vivido a ausência de resistências ou a ausência de raivas, a ausência de emoções, a ausência de lembranças, é óbvio, mas para aqueles que viveram às vezes, como foi dito aí, uma raiva muito violenta, isso pode derrubar, desestabilizar. Mas é feito para isso, eu diria.
Vocês vão ter vergonha de suas raivas, vocês vão realmente ter vergonha das maledicências que vocês pronunciaram, vocês vão ter vergonha, entre aspas, de terem se conduzido de tal maneira. Mas quem vive a vergonha ? É a pessoa. Quando não há mais pessoa, não há mais vergonha, não há mais reflexões, não há mais necessidade de explicações, não há mais necessidade de compreensão. Nesse momento, vocês estão totalmente livres para ser em vida e não para viver a vida que lhes impõem as convenções quaisquer que elas sejam, e sobretudo aquelas que vêm do mundo arcaico, isto é, tudo o que está ligado à predação, à ascendência, à necessidade de controlar, à necessidade de dirigir, não apenas a vossa vida. E certamente, se vocês foram sobretudo alguém que estava no controle, quer dizer a necessidade de observar, lembrem-se, o observador e a testemunha não são alguma coisa que controla.
Alguns entre vocês têm jogado, mas não se tinha lhes dito na época, porque era necessário que vocês passassem por isso, há quem quis jogar os observadores mas que de fato eram os « controladores ». E aí, isso lhes explode na cara, mas é uma graça extraordinária ter podido viver essas raivas estafantes. Isso lhes prova simplesmente que antes, eh bem, você não estava aí, e tinha ainda a pessoa que ela própria se acreditava liberada. Mas vocês não estão liberados da pessoa, não é possível, vocês são livres, qualquer que seja a pessoa e qualquer que seja o coração e o corpo. E isso, isso agora cai sobre todo o mundo.  Vocês não têm nada a pedir e no entanto está aí. E depois, à época, eu disse também que vocês faziam tournicoti – tournicota, antes eu falei das cadeiras, vocês tinham as nádegas entre duas cadeiras. Depois foi dito que não havia cadeiras, e agora vocês veem que não há mental. Quer dizer que mesmo se vocês se servem dele e vocês acreditam que vocês decidem o que quer que seja, eh bem seria o tempo de se darem conta de que vocês não decidem nada.
E isso retorna sobre o que foi dito há muitos anos, em preâmbulo ou acompanhando as Núpcias Celestes, pelo Arcanjo Anael, concernente ao Abandono à Luz. Vocês veem ? Exceto que agora é realizado em totalidade, e não somente em sua supraconsciência, mas em sua consciência efêmera, no corpo transitório em que vocês estão ainda, como em todos os aspectos sociais, políticos, econômicos, geofísicos, astronômicos. Vocês veem ? Então vocês têm direito de estarem abalados pelo fato de terem vivido lembranças passadas, que no entanto vocês trataram, se posso dizer, de diferentes maneiras. Mas agradeça por isso, e sobretudo não culpabilizem.  O instinto da Luz lhes mostra e lhes faz explodir na cara. Se é uma dor, ela não vai partir, ela vai se cristalizar cada vez mais até vocês entenderem. Enquanto vocês quiserem explicar, compreender, agir, pela pessoa antes de colocar a Luz adiante, eh bem vocês serão vencidos. É normal, não há punição, é a verdade da Luz, muito simplesmente.
Então não é questão de fazer uma observação, uma refutação como na época, mas de ver as coisas mais do que nunca claramente. Vê-las não quer dizer arrumá-las, transformá-las. E aliás muitos de vocês começam a sentir o que eu chamaria....vamos, a palavra mais humana, não é alegria, não é Samadhi, é mais do que isso, é a Evidência e a Leveza, a Graça se vocês preferem. Antes, nós lhes falamos da ação da Graça, do estado de Graça, mas agora vocês são a Graça, quer vocês o queiram ou não. Mas se sua pessoa quer se apropriar dessa Graça, o que pode restar de sua pessoa, isso vai colidir, isso vai bater. Isso já bateu, mas isso pode bater ainda mais forte, enquanto vocês estão identificados ao que quer que seja do efêmero. E tranquilizem-se, uma vez que vocês estão liberados disso, vocês não têm mais nada a buscar porque é a vida que se encarrega de tudo. Cabe a vocês demonstrá-lo a vocês mesmos.
Quando nós lhes dissemos, por exemplo, que vocês não tinham necessidade de comer, eu falei também de fazer um jejum, vocês lembram, 24h simplesmente. E aí, vocês não têm mesmo de decidir, vocês não têm mesmo de ter a resposta do coração em relação a tal ou tal alimento. Se vocês estão no instante, o que deve se passar se passará, o que não deve se passar não se passará. É semelhante para a alimentação, é semelhante para as relações, é semelhante para o sono, é semelhante para o dinheiro. Quer dizer que a Luz hoje, lhes diz literalmente : «  Então, você é a Luz ou não ? », mas aí você não pode mais ser uma pessoa e a Luz.
Até o presente, você podia ser uma pessoa que abrigava a Luz, porque ela tinha encontrado seu coração, porque ela tinha vivido as Coroas, ela tinha vivido o Fogo, ela tinha vivido a Onda da Vida, ou mesmo uma única Coroa da cabeça ou o Canal Mariano. Agora, não é mais isso, acabou, mesmo se isso se produz, certamente. Sua consciência não está mais atraída para as Portas, para as Estrelas, para a Merkabah, ela é livre, e a liberdade, é de viver integralmente o instante de sua vida sobre a terra, o que quer que aconteça. E se vocês aceitam «  Pai, eu entrego meu Espírito », sem hipocrisia e sem evasivas, então a Graça fará de vocês alguém livre uma vez que vocês são a Graça.
Mas a Graça não pode se casar agora. É, eu diria, um divórcio total entre a Graça e a personalidade. Portanto vocês não têm de se prender nem a vocês mesmos em meio ao que vocês são, nem a um próximo, nem às circunstâncias, nem ao ambiente, vocês não têm de se prender à pessoa. Tornem-se simplesmente ainda mais humildes, ainda mais simples. Tornem a ser essa criança que é espontânea e vocês verão que sua vida se tornará, qualquer que seja sua idade, quaisquer que sejam suas interrogações, uma nuvem de felicidade perfeitamente encarnada sobre a terra. Eis o que lhes diz a Luz nestes tempos.
E como eu disse e digo novamente, mais o tempo se escoa de maneira linear em seu mundo, mais isso será brutal e ninguém, mesmo aqueles que estão informados, e se há quem começa a ser, não poderá duvidar até chegar o momento, que é o momento, e vocês não poderão ser enganados. É esse o efeito surpresa do Choque da Humanidade. Porque nós lhes revelamos de maneira intelectual, mas mesmo para os Liberados viventes, é necessário que esse choque se produza também de maneira coletiva, não é ? É o que está em vias de chegar. Eu não posso lhes dizer melhor.
Depois é claro, para aqueles que são curiosos, atenção para não serem arrastados, pela curiosidade, pelas novas crenças quaisquer que elas sejam que vão fazê-los ter esperança, aguardar ou temer. Estejam plenamente em suas vidas, totalmente. Deem-se inteiramente, que isso seja à formiga que passa diante de vocês, ao irmão e à irmã que os chateia prodigiosamente e que se põe a lhes falar. É a vida que lhes enviou, não é um problema de ninguém agora.
Vejam além da forma e através da forma, não para compreender e se agarrar ao que quer que seja mas exatamente para entrar plenamente na inocência da criança interior, no Andrógino Primordial, no Verbo Criador, na co-criação consciente, no Impessoal, no Fogo Ígneo, no Coro dos Anjos, na pele de Uriel, na pele de Anael, em minha pele. E pouco a pouco, e de maneira muito rápida se já não está feito, vocês vão se dar conta de que o mundo é vocês, e que esse mundo é Maya. Ele é real e ele é Maya em relação ao que vocês são. Vocês veem ?
Então se vocês têm emoções, se vocês têm reminiscências, se você tem desejo de deixar tudo para trás, se você tem desejo de se matar, se você tem desejo de matar seu vizinho porque ele sempre faz o mesmo barulho à mesma hora, não é importante, não é ? É seu olhar que deve mudar. Passem do conhecimento, energético, vibratório, mesmo do conhecimento da consciência à ignorância. Eu os lembro de que essa ignorância é a verdadeira espontaneidade e é o verdadeiro conhecimento.
Mesmo o « Eu sou », e Bidi retornará a isso eu penso, que eu tinha chamado o Si do orgulho espiritual, não há mais nenhum espaço para se instalar. Vocês veem ? É a isso que vocês são confrontados na multiplicidade de sua história pessoal. Tudo remete a isso e não a uma história e não a uma projeção. Seu corpo, sua fisiologia, sua consciência Una está em harmonia, mesmo se você expressa neste momento uma grave desarmonia. E isso se junta ao que eu sempre lhes disse, eu disse o Amor à frente, o Amor atrás, o Amor em toda parte, mas é também o Reino dos Céus.
Obviamente, sua forma ainda está aí, eu admito, mas tão pouco. E no entanto vocês estão plenamente presentes, vocês não estão em outros lugares. Vocês não estão entre o céu e a terra, ou às vezes no céu, às vezes na terra. É, desde o solstício de inverno, a reunificação da consciência em que nós lhes falaremos cada vez menos, tanto dos eventos como das diferentes frações identificáveis de sua consciência, porque a vida é Una agora, a Luz está aí. E mesmo essa subdivisão que nós esclarecemos, se posso dizer, entre a consciência efêmera, a consciência eterna, o corpo físico, os casulos efêmeros e o corpo de Existência, não tem mais razão de ser. Vocês veem o que eu quero dizer ?
E sua vida, é o terreno do jogo. Quer dizer que independentemente das vibrações, independentemente dos contatos com os povos da natureza, e aí, aqueles que têm vivido as vibrações ou as Coroas não têm nenhuma vantagem em relação àqueles que se apresentam virgens, isto é que não sentem nada e nada vivenciaram. Esses são hoje os mais aptos, são os últimos, e portanto são os primeiros. Vocês veem ?
Assim sendo mudem, se posso dizer, seu fuzil de ombro, ou mudem de olhar. Certamente que sempre haverá uma explicação em meio à matéria em relação à uma subida emocional, em relação a um sofrimento, mas vocês não têm mais necessidade de conhecer ou de compreender isso para avançar. Aliás não há nenhuma parte para onde avançar se não é instalar-se no Coração do Coração. E vocês vão constatar o quê ? Vou tomar exemplos muito simples. Vocês têm por exemplo, o hábito de aproveitar  o vosso tempo para ir a tal lugar, por exemplo para vir aqui. E então agora, o que é que se passa ? Antes isso lhes parecia vital, de acordo, e agora vocês estão prontos para deixar seu lugar.  Vocês veem o que eu quero dizer ? Não há nada mais vital senão vocês mesmos, não há nenhuma outra entidade senão vocês mesmos – e aliás não há nenhuma entidade.
Então é claro o que se exprime, é minha forma tal como ela era encarnada, no interior de um canal, mas nem o canal nem eu existimos. Nós sempre dissemos que nós estávamos estabilizados em meio às nossas embarcações, em um estado intermediário onde havia histórias, onde era necessário encontrar, eu diria, com pedagogia, um cenário adaptado a esta terra para levá-los em uma história, para abrir algumas coisas. Mas tudo foi aberto, mais nada pode estar fechado. Cabe a vocês verem, com esses elementos aí, como vocês vão se adaptar, se posso dizer, porque é uma adaptação.
Que vocês vivam o Si, que vocês sejam Liberados viventes, que vocês não vivam nada, vocês todos estão, em relação a isso, no mesmo estado. Não há ninguém que está à frente, não há ninguém que está atrás. Havia os primeiros e os últimos, que precedem os primeiros, mas agora é o Apelo de Maria não importa em qual momento, é o aparecimento de Nibiru não importa em qual momento.  Vocês veem ?
Então isso também se une ao que Mestre Philippe de Lyon disse sobre a simplicidade e sobre a humildade ; Irmão K também falou disso. Mas hoje, vão para o mais simples. Certamente que os encontros com os povos da natureza, as entidades, mesmo pelo Canal Mariano, vão continuar, mas resta-lhes identificar que isso não está em nenhuma parte senão em vocês mesmos. E quando vocês vivem isso, vocês estão liberados, quer vocês estejam com forma ou sem forma não mudará nada.
Quer o Apelo de Maria aconteça amanhã, quer o Apelo de Maria não aconteça nunca, isso não mudará estritamente nada. Se vocês têm a impressão de que isso muda alguma coisa, isso quer dizer o que ? Que vocês resistem à Luz, qualquer que seja seu amor, qualquer que seja a realidade que vocês já viveram, do que vocês são. Portanto não há mais cadeiras, e eu diria não há mais nádegas, não mais, isso eu já disse, mas não há mesmo mais entidades. Há a consciência – o que mais se aproximaria disso, é o que é chamado Sat Chit Ananda por nossos irmãos e irmãs orientais, a Morada da Paz Suprema ou a consciência da Felicidade. É o último estado antes do Maha Samadhi.
Vocês são tão absorvidos pela Luz que em um primeiro tempo vocês têm a impressão de que vocês não têm mais gosto por nada, que vocês poderiam ficar efetivamente horas, semanas, meses, nessa vacuidade em que não há mais forma, em que não há mais volição (eu disse volição, hein, e não evolução, eu especifico porque com o sotaque, há quem vai colocar evolução), não há nenhuma vontade.
Quando vocês estão aí, para a pessoa que os vê do exterior, vocês são um legume. Mas vocês estão na Verdade, vocês não estão mais na periferia, vocês estão no Coração do Coração. Mesmo se não há vibrações, mesmo se não há Fogo do Coração, mesmo se não há Onda da Vida, mesmo se vocês não vivenciaram ou perceberam a ignição da Merkabah interdimensional pessoal. É isso que se vive.
E vocês vão ver crianças, gente mais velha que vivia sua vida de maneira muito comum, mas com o coração, que essa gente está liberada, mesmo que eles não tenham nenhuma palavra a dizer porque eles não têm o conhecimento intelectual para expressá-las.
Vocês sabem, eu tomei muitas vezes o exemplo das irmãs Estrelas. Elas, muito mais do que nós, lhes têm revelado suas vidas, vocês se lembram em certo momento. Porque no Feminino sagrado, ou o feminino que descobre sua sacralidade, o que é a mesma coisa, quer dizer tornar-se esposa do Cristo ou esposa da Luz pouco importa, vocês chamam como quiserem, mas a um dado momento vocês são realmente a Luz, e isso dá todas as manifestações da Luz. Quer isso seja o aparecimento de diamantes, de ouro, quer isso seja a levitação, a bilocação, isso se produz independente de vocês. Vocês não estão mais na busca de poderes ou de provas, vocês se tornam a prova vivente da Luz.
Apreendam bem isso porque é isso que se vive agora, o que quer que vocês pensem, o que quer que vocês digam e qualquer que seja o basculamento dos polos, qualquer que seja o Apelo de Maria e qualquer que seja o dia da visibilidade de Nibiru. Portanto vocês estão, se posso dizer, em uma oitava superior ao que era o caso no ano passado. Mesmo se vocês pensaram que vocês tinham caído, o que é dramático, vocês acreditavam ter vivido o Si estabilizado e vocês descobrem a pequena pessoa com suas raivas e suas maledicências, se posso dizer, não é grave. Por que voltar sua consciência ainda para isso enquanto que tudo o que se desenrola em vocês e todas as respostas estão em cada um de vocês – as respostas eternas para o que vocês são, mas não as respostas relacionadas a este mundo, porque como nós lhes dissemos, tudo foi realizado, absolutamente tudo.
Todas as etapas que nós cuidamos, no caso, entre 2012 e 2016, poderiam muito bem jamais ter existido, mas como vocês estavam presentes em meio à linearidade, nós as revelamos a vocês. Então é claro, haverá certamente questões sobre o que acontece no nível vibral neste momento, através de certas Portas ou certos circuitos que se ativam, mas isso é o testemunho, vocês veem ? Portanto eu responderei, é claro, se há questões, mas o essencial não está aí. Não está no fato de saber se vocês vivem o Fogo vibral, o Fogo Ígneo, a pequena Coroa, a grande Coroa, a Onda da Vida, a Onda do Éter ou o Fogo Ígneo. Tudo isso agora, eu diria, vai se tornar cada vez mais acessório e longe de suas preocupações.
Assim às vezes é muito abrupto, porque vocês se levantam uma manhã e vocês dizem : «  Eu não tenho mais nada a fazer aí », que isso seja neste mundo, então as ideias de suicídio, que isso seja no seu lugar, no seu trabalho, na família, com membros mais ou menos próximos. Não é importante. Vocês veem a diferença que se particulariza agora ? E por sinal eu preciso, mesmo aqui,  se coloca-se a questão, há muitos que já vivem isso há um ou dois meses. E outros também, muitos, que vivem exatamente o inverso. Uma dor que aparece, uma doença que aparece, emoções que retornam, memórias que retornam. Mas elas não têm de ser tratadas, elas têm somente de fazê-los ver o mecanismo preciso de basculamento da consciência, ou seja a passagem do efêmero ao Eterno, como nós falamos, e agora vocês se dão conta de que vocês não têm mais de passar de um ao outro. São os dois que estão em justaposição total, e vocês são uma consciência unificada.
E se vocês estão unificados com a Eternidade, eh bem sua vida torna-se mágica, porque vocês não têm nenhuma necessidade de pedir ao universo, vocês não têm nenhuma necessidade de explicar, vocês não têm nenhuma necessidade de justificar, vocês estão totalmente disponíveis para o instante presente. Então é claro, olhem em vocês. Se vocês estão sempre prestes a se projetar em um evento futuro, ou a falar de sua pequena pessoa, isso vai se tornar cada vez mais visível, como o nariz do palhaço no meio da cara. E ao contrário aquele que não o vê, é dramático, porque ele não o vê e vocês, vocês o veem. Não é um julgamento, mas seu amor faz com que vocês estejam na benevolência em relação a esse irmão ou essa irmã e que antes vocês diriam : « Aquele lá, ele me chateia » e hoje vocês se dizem : « Bem, aquele lá, antes, ele me chateava. » o Amor se coloca antes que ele lhes chateie, vocês veem ?
E olhem bem todas as suas relações, as mais detestáveis como as mais afortunadas. Não é a indiferença, não é a negação, não é uma recusa da vida, é a exata posição.  E eu sei que aqui, eu vejo isso, há aqueles que já o vivem, e que caíram enquanto estavam convencidos de estarem muito longe. E vocês têm outros que estavam convencidos de terem chegado totalmente ali onde eles viveram a experiência e que não estão ainda. Mas não há predação, não há competição, há somente de ver, aí também, vocês vão rir muito em breve, mesmo que para alguns que eu vejo aqui, vocês não riam, não é ?
Vocês rirão de vocês mesmos como aliás eu rio de vocês, e como todo Liberado vivente só pode rir de vocês. Ele os ama e ele ri. Não é zombaria porque ele passou por isso, ele também, portanto ele gargalha porque ele também caiu sobre a casca de banana, e ele sabe que vocês devem necessariamente cair lá. Então ele ri porque ele conhece a sequência, vocês veem ? E tudo vai ser assim. Vocês veem a cena, em todos os países do mundo, no nível social, político, na mídia, em todos os níveis. Qualquer que seja o nível que vocês queiram questionar ou observar, é a mesma coisa que acontece.
Vamos, outra questão.

Questão : desde muitos meses, eu sinto dores ou queimaduras do lado esquerdo que sobem até a orelha, com inflamação das glândulas até o ponto KI-RIS-TI e a Porta AQUI.  Às vezes combinado a uma sensação de queimadura de todo o corpo, sobretudo no nível do sistema nervoso. É o Amor que faz seu trabalho ?

Exatamente, você não tem nada a fazer.

Eu respondi. Eu já respondi nas duas questões precedentes, é exatamente a mesma coisa, mas são normais essas questões, vocês vão ver, vai ser completo. É muito lógico.


Questão : sabendo que estamos jogando o jogo divino, podemos, até o fim, nos ajudarmos com técnicas terapêuticas, para manter o corpo físico a fim de sermos mais operacionais ?

Mas certamente, ninguém lhes disse para negligenciar o corpo.  Não se disse para rejeitá-lo, se disse para escutá-lo. Portanto antes, vocês o escutem, por exemplo quando eu expliquei, há quase três anos, a resposta do coração em relação aos alimentos ou às decisões, disso vocês não têm mais necessidade. A partir do instante em que vocês estão alinhados, se posso dizer, a partir do instante em que vocês chegam a estar posicionados, não há mais emoções, não há mais pensamentos, não há mais projeções, não há mais memórias. Resta o quê ? E se vocês estão nesse estado, vocês vão constatar que sua vida torna-se um verdadeiro sonho, quer vocês tenham dinheiro ou não, quer vocês tenham mulher ou não, é um estado interior que se traduz ao exterior.

Ainda uma vez, hoje  isso não depende nem de idade nem de sua vivência interior. É a Graça em manifestação ; não é mais a ação da Graça, não é mais o estado de Graça, vocês veem ?  Portanto mesmo quando vocês dizem : « Eu vou encontrar um dragão », « Eu vou a tal lugar », ou « Eu sinto o Canal Mariano », ou « Eu sinto uma Presença », ou « Eu vejo Presenças, por vezes luminosas, por vezes menos luminosas », isso não lhes concerne.

E aquele que agora vive essa fase particular não está indiferente a tudo, ao contrário, ele sabe que ele é realmente o que está no centro e que vê a Vida se desenrolar. Vocês veem ? Ele é a Vida, portanto ele não pode manter a sua vida, aliás ele não pode manter o que quer que seja, ele não pode estar senão no instante. Isso não quer dizer que não há projetos ; basta uma atenção e uma intenção e depois vocês nem pensam mais. Vocês estão disponíveis, quer vocês o queiram ou não, para o instante presente. E às vezes a dor vai impedi-los de conduzir suas atividades. Aí estão os apelos da Luz, mas eu sempre disse que os apelos da Luz tornariam-se cada vez mais expressivos, se posso dizer.

Por outro lado vocês vejam bem, aqueles que têm dores. Antes vocês tinham uma dor, isso durava alguns dias, isso passava, e aí, se isso sobrevém nesta fase, eh bem isso se cristalizou, não há mais movimento possível, vocês estão bloqueados em um local, do coração, do ventre, das costas, dos joelhos, dos pés. É muito inflamatório, há cristalizações em toda parte, mas isso, não é porque vocês erraram, é porque simplesmente esta fase, como foi dito na questão da Evidência da Luz, pode apenas se amplificar. E isso não depende de vocês, isso não depende de nenhuma entidade.

Se vocês chegam a ver isso, eu não lhes peço para aceitá-lo assim, nem para acreditar, mas para colocar em prática, vocês verão por vocês mesmos. Alguns têm visto porque eles colocaram em prática espontaneamente, e eles vivem essa leveza neste momento. E outros que estavam muito leves, hoje se dão conta que ainda há coisas muito pesadas neles ; nenhuma culpa, nenhuma reflexão, tudo vai muito bem. Não há nenhum erro nem nenhum perigo, não é ? O perigo, é sempre para a pessoa, mas não para o que vocês são.

Assim, para retornar a esse veículo que é seu corpo, sobretudo agora, é necessário atenção para que ele seja cuidado com perfeição. Imaginem que, eu tomo uma imagem, o corpo antes desse solstício de inverno era um 2CV, mais ou menos cansado, mais ou menos usado, e de um dia para o outro, sem nada fazer, alguns de vocês se encontram com um veículo de corrida. Certamente, os cuidados de um veículo de corrida necessitam mais atenção do que para um 2CV, ou seja que é necessário estar à escuta não pelo intelecto, não pela resposta do coração, mas estar à escuta do instante presente.

Se vocês estão realmente nesse instante presente, vou tomar um exemplo muito simples. Vocês decidem : « Tenho fome, vou comer », de acordo ? Vocês chegam diante de sua comida, vocês se colocam a questão de sentir se é bom para vocês ou não, e vocês comem. Mas agora não é mais isso. O que quer dizer que todos os marcadores de seus ritmos, a refeição, a hora fixa, tudo o que era ritmado e programado, vejam bem ao redor de vocês, mesmo se vocês fazem tudo para conservar um território, por exemplo de fazer tal coisa em tal hora, todas as circunstâncias de sua vida vão mostrar-lhes exatamente o inverso.

Vocês avaliam que é necessário estar em silêncio para dormir ou para meditar, vocês terão um barulho todo o tempo até que vocês compreendam que vocês não têm necessidade do silêncio exterior, mas do silêncio interior. Vocês vão comer alguma coisa que, vocês fizeram com muito cuidado porque vocês dão atenção à sua alimentação, vocês abençoam seu alimento, e vocês vão perceber que esse alimento, eh bem vocês não podem mais digeri-lo, ou ele não pode mais entrar em vocês. O que é que vocês fazem nesse caso ? Quer vocês aceitem a Graça do instante presente, quer vocês continuem a jogar o jogo da personalidade, isso vai bater cada vez mais forte.

E se vocês têm a inteligência real de ver isso em ação, vocês não poderão mais ser joguetes das demandas da pessoa efêmera, vocês estão instalados na Unidade definitiva e isso, eu diria, além mesmo de todos os processos vibratórios, de elevação da vibração e de consciência que vocês viveram quando vocês nos seguiram desde mais de dez anos, vocês veem ?

A Luz vai ser cada vez mais simples, cada vez mais evidente, cada vez mais visível. E portanto, se vocês não são isso, vai doer, agora é assim simples. E essa dor, essa resistência, essa desordem, essa mudança, se ela sobrevém, não é senão para fazê-los ir para esse instante presente e para a Eternidade, a consciência Una, ou seja a reunificação total da consciência efêmera com a consciência de Eternidade, uma vez que a Merkabah interdimensional pessoal, para os mais privilegiados – e ainda, o que é privilegiado nós veremos isso mais tarde - , tiveram a chance de viver isso, mas todos vocês vão vivê-lo.


Então aproveitem as horas, os dias, as semanas que restam, os meses...Ah eu não irei até anos porque há quem vai se deprimir, mas aproveitem cada minuto, não para satisfazer um desejo, um prazer, ou um hábito, ou o que quer que seja, mas para estar na plena consciência do instante, onde não há mais diferença entre a consciência efêmera e a consciência eterna. É a sobreposição total e final que se tornou possível pela ignição da Merkabah.

Então é claro, certamente haverá outras coisas a dizer, eu responderei se há questões, porque é necessário trocar, hein. Mas lembrem-se que os elementos que nós lhes daremos agora não serão tão pontiagudos como aqueles que nós lhes demos, por exemplo, na mesma época, há dois anos, nos Cadernos de Fevereiro.  Mas nós tentaremos todos, e eu creio que Bidi vai distribuir suficientemente golpes de martelo para que isso fique marcado em vocês, não é, que tudo é simples a partir do instante em que vocês não estão mais submetidos a um papel, a uma função, do efêmero qualquer que seja. E seu efêmero não vai desaparecer enquanto vocês estão aí, vocês terão sempre coisas a fazer, a viver, mas elas não se farão e não se viverão por vocês mesmos, é toda a diferença .

E eu lhes recomendo, é um conselho de irmão que não está mais na carne, sejam vigilantes em relação a isso, porque para o instante, como eu disse, isso torna-se mais denso, mais pesado, que isso seja o corpo, as emoções ou outro. Só que se vocês colocam sua atenção em cima, com os reflexos antigos, o que não quer dizer que vocês não possam utilizar esses reflexos antigos, mas coloquem a inteligência da Luz diante, e a inteligência da Luz lhes dirá o que fazer, verdadeiramente.

Depois é claro, às vezes vocês vão cair sobre um livro, vocês vão abrir uma página, vocês terão a resposta. Às vezes vocês estarão prestes a passear, vocês serão atraídos por um vegetal ou uma consciência, e vocês terão a solução. Mas vocês não saíram a passear procurando uma solução, é a solução que deve vir a vocês, vocês veem ? Isso, é a Graça. Não é mais a ação de Graça ou o estado de Graça, é a Graça total. O Liberado vivente não se incomoda por suas necessidades, quaisquer que elas sejam, porque ele não tem necessidades, em um certo nível, uma vez que ele está liberado da pessoa – de sua pessoa - , e é cada vez mais verdadeiro, com uma evidência cada vez mais resplandecente, se posso dizer.

Portanto se sua dor é brilhante, se sua doença é brilhante, é exatamente a mesma coisa. Mas apressem-se em abandonar, apressem-se em entregar à Luz uma vez que a Inteligência da Luz, e o que eu chamei o instinto da Luz virão no limite do que pode lhes parecer contrário, mas isso apenas traduz sua dificuldade presente, e vocês ainda estão nesse momento no medo da perda e no medo da morte. Vejam isso claramente. Vocês não podem lutar contra isso.

Lembrem-se do Choque da humanidade. Mesmo se isso não é ainda o Choque da humanidade, eu os lembro de que esse Choque da humanidade pode se colocar inteiramente no singular, ou seja o Choque pessoal. Vocês veem, há a negação, a indiferença, a negação, a raiva, a negociação, e vejam por exemplo alguns de seus irmãos e irmãs que, mesmo neste período, têm vivido a Luz aqui com vocês, entre vocês, conosco, e no entanto agora chegam a, não mais ioiotar o topete, como eu disse na época, mas a rejeitar tudo isso. Eles vão lhes dizer : « Ah não, não é verdadeiro, é uma seita, são besteiras, isso não pode existir. », e no entanto eles viveram a Verdade ; eles o sabem no fundo deles mesmos. O que é que se manifesta nesse caso ? Simplesmente sua pequena pessoa, e nada mais. Assim é necessário deixar a pequena pessoa se extinguir.

Quando vocês veem essas pessoas, vocês não têm nenhuma maledicência, vocês não têm nenhuma compaixão, mas vocês os amam. Eles jogam, eles não compreenderam que eles ainda estavam jogando.

Eles se tomam a sério, vocês veem ? A única coisa séria, porque ela é evidente, é a Luz e o Amor. O resto não é sério uma vez que isso apenas passa.  Qual é sua raiva, por exemplo, vocês tomam as emoções.... para o corpo físico é diferente, porque quando a dor se instala, ela, ela não passa, ela vai se cristalizar, eu lhes disse, cada vez mais, quer isso seja nos movimentos, quer isso seja nas dores, e nas manifestações orgânicas de suas células  onde você tem dor. Vocês não vão tão longe de qualquer forma, não serve para nada sofrer assim. Vocês não têm de lutar, vocês têm somente de ver a Graça, vê-la (L, A, VER mais longe), e tê-la também. Mas vocês não podem vê-la uma vez que vocês são ela, vocês veem ?

Se vocês apreendem isso e se vocês colocam isso em operação, isso vai ser....então ajudem-se, é claro, as muletas quaisquer que elas sejam. Retomem a Dança do Silêncio, utilizem os cristais, isso vai ocupar sua pessoa, e durante esse tempo, a Luz poderá se desenvolver. Vejam vocês, não é mais a técnica que vai agir,  a técnica vai ocupar sua pessoa e durante esse tempo, a Eternidade pode tomar todo o lugar. Assim eu emprego minhas palavras, hein, eu espero que vocês compreendam, mas sem isso, eu penso que os golpes de martelo de Bidi serão muito mais contundentes para aqueles que têm a cabeça um pouco dura, enfim ainda dura.

E mais uma vez, hein, não é uma questão de idade. Se vocês aceitam a Luz, vocês estarão como eu no fim de minha vida, eu tinha pernas de 20 anos. Eu corria, eu voava quando ia ao encontro do Sol pela manhã, mesmo os jovens não chegavam a me acompanhar. Mas não era minha pessoa, não eram minhas pernas, era a Luz em minhas pernas que fazia andar. É isso a Inteligência, a Graça da Luz, é isso o instinto da Luz. Vocês não podem lutar com isso. Quaisquer que sejam seus dons, quaisquer que sejam suas vibrações, quaisquer que sejam suas experiências.

Vocês se lembram, na época eu falei do frasco com os amendoins, mas agora é necessário se darem conta : não há mais amendoins, não há mais frasco e não há mais mão. Há a consciência nua, a consciência que se aproxima cada vez mais da a-consciência, da extinção, que corresponde, eu os lembro, ao Apelo de Maria (coletivo), porque haverá entre vocês quem por mais que tenha sido chamado há muitos anos, continuam a jogar tournicoti-tournicota ou a jogar com sua pessoa.

Vocês têm o direito de jogar com sua pessoa, mas é necessário mesmo assim reconhecer que é um jogo, e quando é um jogo, exceto quando vocês querem sempre ganhar, vocês não estão implicados, vocês divertem-se jogando, qualquer que seja o jogo. É semelhante para sua vida ; nesta fase, hein, quero dizer.

Outra questão. Se há alguém que queira intervir, pode, hein.


Questão : pronunciando : « Pai, que sua vontade seja feita e não a minha », eu estou incomodado com a palavra « Pai ». Em relação a esse incômodo, me ocorreu que talvez, nestes tempos, a Fonte era Pai/Mãe. Há androginia no ilimitado ? E por que esse incômodo ?

No ilimitado, não há mais androginia uma vez que não há mais polaridade. Certamente, lhes disseram que um Arcanjo é uma polaridade masculina, alguns Arcanjos – alguns são mais femininos, eu diria, hein, isso seria, como vocês dizem hoje, ah sim os transgêneros, é a moda agora – eles são de uma vez homem e mulher, é a androginia. Mas globalmente, vocês, aí onde vocês estão, nessa consciência Una que agora se desenvolve, e é uma oportunidade extraordinária, hein, que ela se desenvolva, porque vocês poderão muito bem viver o Apelo de Maria sem ter vivido esses últimos esclarecimentos desde dois ou três anos, uma vez que era iminente desde três anos, não é ? E o tempo que foi concedido, que não depende, ainda uma vez, de ninguém, mas de um conjunto de circunstâncias que ninguém pode controlar, mesmo a Fonte.

Vocês pensem bem, há muitos fatores em jogo, é simplesmente certo, e vocês o sabem desde muito tempo, do resultado, mas o desenrolar do tempo vai se tornar cada vez mais apertado, tudo vai se reagrupar, é o que se passa também para sua consciência. Quando eu falo de consciência Una para substituir a consciência efêmera e a consciência eterna, é exatamente a mesma coisa sobre a terra. Então cabe a vocês ver.


Questão : obtive informações por meio de uma pessoa sensível ao ensinamento de Hathor sobre as linhas do tempo e como nós podemos atuar para criar cada um a sua realidade. Ela afirmou que Hercolubus falhou em se manifestar na realidade de nossa linha temporal, conduzindo ao planeta-grelha, mas que um número suficiente de seres humanos estão despertos, conduzindo o inconsciente coletivo a alimentar uma linha temporal diferente, implicando uma escolha de Ascensão mais doce...

Então aí eu corto imediatamente, isso vai ser tudo exceto doce. Mais o tempo avança, mais isso será brutal e violento, é necessário ter consciência disso. Agora falar das linhas temporais, mesmo para alguém sensitivo, isso prova simplesmente que é alguém que não saiu da ilusão do tempo. É claro que há tramas temporais, mas se vocês veem as tramas temporais, é porque vocês estão submissos ao tempo, que vocês ainda estão na pessoa. O Liberado vivente, o Jnani, o Absoluto, não tem o que fazer das linhas temporais uma vez que ele está fora do tempo, qualquer que seja a linha temporal.

Vocês recaem aqui no paraíso perdido e na ilusão luciferiana de crer que a Terra vai cada vez melhor. É falso, é arquifalso. Como vocês podem, através do pensamento positivo, e falar do despertar da humanidade que é efetivamente real, e vocês não veem o que se passa sobre a terra ? Vocês não veem o que se passa em vocês ? Vocês não veem os processos de extinção da vida que se desenrolam em vocês ? Vocês não o veem ao redor de vocês ? Mas isso, eu chamo, desculpem-me, de doces sonhadores.

Não é porque vocês têm explorado as linhas de tempo, as linhas temporais que são reais – e sabe-se hoje no nível físico, no nível da ciência, que os universos paralelos existem, são chamados as supercordas, eu não vou entrar nisso porque esse não é meu domínio, mas está provado. Há realidades dimensionais diferentes, houve a intrusão desde as primeiras bombas nucleares, os testes nucleares, a intrusão de consciências que eram chamadas por Steiner « arimanianas », sobre a terra, que era seu objetivo. Era seu objetivo no nível da radioatividade, isto é de criar falhas não com o céu, mas com as moradas infernais. Bom, isso é uma linha temporal, mas as linhas temporais, sou tentado a dizer-lhes, e aqueles que são liberados o vivem, não há nenhuma alternativa possível.

Esse é o devaneio que eu qualificaria de ilusão luciferiana ou astral, crer que mais vocês têm seres humanos que despertam, mais a vida vai ser bela, e vamos continuar assim, com o dinheiro, com a dualidade, com a predação, eternamente. Esse, é o mito de Prometeu, isso, é luciferiano. Eu os remeto às canalizações magistrais de Ma Anada Moyi e de Irmão K, durante o ano de 2010 e 2011, e houveram quatro, um pouco depois do mês de abril-maio, que falam disso. Vocês pensam que o Liberado vivente vê as tramas temporais ? Não. Há muitos possíveis que foram possíveis, mas o último evento, ninguém poderá passar através, vocês veem ?

Portanto falar das tramas temporais, é ainda estar submisso à ilusão temporal. O Liberado vivente não tem o que fazer do tempo que se escoa ; ele está fora do tempo, mesmo se seu corpo está submisso ao tempo e à história da Terra. Assim é claro, isso faz parte de sua liberdade, mas hoje o instinto da Luz vai ser tal, cada dia um pouco mais, e vocês vão ver a oitava que vocês vão atravessar a partir de 8 ou 15 de março, antes da primavera. Vocês vão perceber que tudo isso, nem é a história, é o devaneio, são as projeções no sentido psicológico, que tiram sua fonte de informação astral e real das leis do confinamento deste mundo e que vai lhes falar de continuidade, vocês veem ? Assim teríamos feito tudo isso para nada, é estúpido.

Como é que os irmãos e as irmãs que vivem contatos com outras realidades podem ainda acreditar que eles devem evoluir, melhorar, aperfeiçoar-se, encontrar o Espírito, encontrar aquilo outro ? É uma falta de realismo total, sobretudo agora. Há sete anos, há dez anos, era impossível, mas hoje há, eu diria, um trem de atraso mental aí dentro. Perguntem aos seus cientistas da terra ou a suas mídias, olhando e vasculhando, vocês vão encontrar todos os processos de extinção global da humanidade que estão largamente avançados. Não lhes peço para acreditarem em mim ou no que diria um ser de Luz, ou sua intuição, ou seu instante, ou suas linhas temporais, é necessário descer um pouco para a terra e olhar os parâmetros psicológicos da Terra que não deixam nenhuma dúvida. A doença está em estado terminal, e felizmente. Não é um coma, mas quase.


Questão : quando se está no Absoluto, não há mais vida individual. O que nós sentimos e como isso se passa ?

Uma única coisa : você está em você e enfim encontra o que você é. Assim enquanto você está na esperança de viver outras vidas, de estar sobre a Terra, de imaginar uma progressão, de ter prazer, de experimentar tudo isso, você não está pronto para o Absoluto, é tão simples assim. É a liberdade. Mas aquele que vive o Absoluto, há...Todos aqueles que o têm vivido, mesmo se eles não têm as bagagens espirituais, esotéricas, asiáticas ou outras, eles vão dizer a mesma coisa :  « Estou em mim, o que tenho de fazer para viver uma vida, mesmo em uma dimensão dos Mestres geneticistas ou ir criar mundos ? Posso participar, é claro, uma vez que sou todas as consciências ». Mas quando você está em você e você está bem todo o tempo, uma vez que não há mais tempo, não há mais corpo, não há mais forma, não há mais conceitos, não há mais ideias, não há mais nada, o que sua pequena pessoa poderia chamar de o nada, ou mesmo a sombra, mas você sabe que você está em você, muito simplesmente.

Você não pode representá-lo, você não pode imaginá-lo. Cabe a você saber se você quer deixar o frasco ou não ? Não há outra escolha agora. Você não pode escolher, você não pode decidir. É como para a morte : quando esse corpo morre, ele morre, quer você o queira ou não. Então é claro, o ego se apega à noção de reencarnação : « Eu vou retornar, eu vou me melhorar ». E isso, é o quê ?  É o medo da morte, muito simplesmente, e nada mais. Tudo o que se manifesta em vocês atualmente, mesmo quando vocês dizem « Viva o fim », é apenas o medo da morte. Não há nada mais, é como vento.


Questão : assim você disse que há um « Eu » no Absoluto ?

Para você, você entenda o que você quiser, eu nunca disse isso.


Questão : eu o ouvi falar de « Eu ».

Nunca « Eu » no Absoluto, nem « eu, E-U » nem « J-O-G-O » ( N.T. : referência à semelhança das palavras Je (Eu) e Jeu (Jogo) na língua francesa) . Você veja todos os « Eu », por conseguinte : « E-U e J-O-G-O ». E é justamente porque você está tranquilo no Coração do Coração, no Absoluto, na Morada da Eternidade , que você é Deus, que você é Tudo, que você é Nada, que você é o Sol, que você é todos os mundos, passados, futuros, todas as criações da consciência. Por que se incomodar em tomar um veículo para isso ? Mas isso, quaisquer que sejam as palavras que eu poderia empregar, quaisquer que sejam as descrições que Bidi poderia dar, ou hoje Irmão K e outros, não é nada enquanto você mesmo não faz a viagem. Conscientize-se bem de que é seu ego e somente seu ego que tem necessidade de ser tranquilizado, porque o ego não conhecerá jamais o Absoluto.

O absoluto não pode desabrochar enquanto o ego não está dissolvido, seja pelo caminho da Inocência, o caminho da Infância de Tereza, que se passe por vibrações ou o que quer que seja, que seja pelo caminho da vibração e da expansão da consciência, caminho que nós escolhemos para vocês e que vocês também escolheram, a maioria de vocês sobre a terra. Mas todo o resto, está uma bagunça. Quando é que vocês vão parar de acreditar nessas bobagens ? Do que é que vocês têm medo ? E eu me dirijo a você : « Do que você tem medo ? ». Você tem medo do que você não conhece, e você queria conhecê-lo sem vivê-lo tanto isso dá medo.


Questão : é longa a Eternidade, sobretudo para o fim.  

Como nunca teve início, é melhor ainda. É longa para a pessoa, sim, eu o concebo perfeitamente. Digo a vocês que nós também, lá onde nós estamos, teríamos preferido em grande medida encontrarmo-nos em outro lugar do que neste sistema solar já em 2012, hein, e mesmo 2011. Mas nós estamos submetidos, vocês estão submetidos, a um banho coletivo, aí vocês não podem nada. No entanto mais uma vez, aí eu falo mesmo dos medos, é necessário parar com as crenças, porque vocês falam por exemplo da alma. Quem pode me descrever sua alma ? Quem pode me descrever o Espírito ? Quem pode colocar palavras sobre o Absoluto ? Isso não serve para nada. Ah sim, eu poderia ser poético e pelas palavras, como Uriel, conduzi-los à fronteira, mas enquanto você não soltar, você não pode passar.

A vantagem, é que aí, no fim deste ciclo da humanidade confinada, todos vocês, sem exceção, são liberados ; isso é maravilhoso. Mas depois, se você deseja recomeçar a experiência da consciência, você tem toda a liberdade, mas duvido muito, a menos que há alguma coisa a cumprir em relação ao Espírito, hein, eu falo dos papéis, das missões de encarnação, eu não falo da encarnação absolutamente, mas à parte esses casos raros, aquele que prova o Absoluto e que desembaraçou-se da forma, pela morte ou pela Ascensão, não terá mais de modo algum desejo nem ideia de fazer o que quer que seja porque ele está na beatitude eterna, onde o tempo não conta, onde não há espaço, onde não há dimensão, onde não há projeções, onde não há história. É sua Morada, é o que você é.

Assim evidentemente, o ego, quando eu digo isso, vai sentir-se apreendido de um vazio incomensurável, e depois se o ego é muito forte, ele vai dizer « Oh lá lá, é manipulação ». Mas nesse caso eu o convido, se você tem uma formação científica, a olhar objetivamente o que se desenrola sobre a terra e que suas mídias obstinam-se em lhes esconder. Há curvas exatas a traçar, seja sobre os sismos, sobre as tempestades, sobre os buracos na terra feitos pelos dragões, que seja sobre a organização social, e vocês verão bem que este mundo está acabado, totalmente acabado.

Quando eu disse isso chamando-o de planeta-grelha, já havia interrogações, mas mais no futuro. Aliás o Fogo que alguns descrevem, há quem queima literalmente, mas eu os lembro que o Fogo vibral, ele aquece mas ele não queima, e o Fogo Ígneo é tão ardente que vocês não sentem nada. Aquele que sente é a pessoa. Isso quer dizer o quê ? Que a pessoa ainda está aí. Aquele que vive o Fogo Ígneo, o Impessoal, o Absoluto, chame-o como você quiser, certamente em que há momentos em que ele sente o Fogo, mas ele não arde, ou ainda essa ardência é uma ardência de Amor como lhes descreveu a Irmã Yvonne Aimée, como Hildegarde lhes descreveu, como lhes descreveu Gemma e Teresa com suas próprias palavras e suas próprias experiências.

Você acredita que quando você é Absoluto, mesmo com uma forma, e que você está em êxtase, você deseja retornar para uma limitação qualquer ? Então o que se expressa através de sua questão, é o que resta da pessoa, nada mais e nada menos. Vocês têm irmãos e irmãs que arderam intensamente em diferentes lugares do corpo, ou no nível do corpo ; está muito bem arder, isso quer dizer que a pessoa está prestes a desaparecer, mas esse Fogo Ígneo, ele sopra do Espírito, tudo o que nós tínhamos evocado, o Coro dos Anjos, o Espírito do Sol, o Impessoal, tudo isso, essa ardência é um Fogo de Amor. O que sente a tortura da queimadura, é a pessoa.

Então certamente, aqueles entre vocês que têm jogado os jogos espirituais, e mais uma vez isso não é nem uma crítica nem um julgamento, é um esclarecimento, e como eu o disse agora mesmo, eu tenho vontade de rir, o Liberado vivente, ele tem vontade de rir quando ele vê irmãos e irmãs que se debatem em um Fogo intolerável ou uma dor intolerável. Mas sim, vejam simplesmente o que isso quer dizer. Naturalmente que o Fogo os queima, isso quer dizer que há alguma coisa para queimar, é muito simples. Caso contrário, se vocês mesmos são Luz, é o que a Luz ? É o Fogo também, obviamente, o Fogo do Espírito, e é um gozo não é uma queimadura.

Aliás, há quem tem vivido essa ardência do Fogo Ígneo e cristalizou, eles estão bloqueados nas costas, no ventre, nos ombros. Portanto isso quer dizer o quê ? Que ainda há uma pessoa. Porque se não há nenhuma resistência e a pessoa chega a se apagar muito rápido, não há mais mental, não não mais emoções, e o Fogo Ígneo é um gozo que é magnificado, eu diria, em relação ao Maha Samadhi yogue. É mais do que o êxtase, é mais do que a íntase.

Vamos, continuemos.


Questão : você pode trazer dados precisos sobre as linhas de tempo e sua eventual incidência sobre os processos em curso para a Terra e seus habitantes ?

Bah, é muito simples, todas as linhas temporais, e não resta mais do que uma, ela é inelutável : é o aparecimento de Hercóbulus, o planeta-grelha, e o fim da 3D dissociada, e o retorno à Eternidade. É a única linha temporal que resta, não há outra. Desde que a Onda do Éter subiu do núcleo cristalino da Terra antes da primavera do ano de 2012, não há mais nenhuma linha temporal possível do que aquela que nós descrevemos, quer vocês a aceitem ou não ; vocês a viverão em tão pouco tempo que nós nos colocamos a rir com vocês.

Se vocês percebem as linhas temporais, é que vocês estão fixados sobre coisas que não existem e que não existirão jamais, são vias temporais, linhas temporais sem nenhuma escapatória, é o beco sem saída. Uma vez que há um momento coletivo que eu chamei de planeta-grelha, o Apelo de Maria, e o planeta-grelha final. Aliás é ainda muito mais simples do que isso, o que se instala agora, se vocês estão na Paz, não uma paz que vocês buscam pela meditação, mas o que chamaria de uma paz natural que é a Graça, mais nenhuma questão pode surgir.

Vocês podem se colocar a questão do horário do trem, de um itinerário a seguir, mas no nível da consciência, do mental, das emoções, é límpido e claro : não há mais nada. Há somente a plenitude dessa vacuidade que é a instalação do Absoluto na forma apesar dessa forma, porque a vivência daqueles que são liberados agora não é mais o que dizia Bidi « o Absoluto com forma », que ele diferenciava do « Absoluto sem forma ». Vocês são Absolutos sem forma e Absolutos com forma, os dois estão sobrepostos, o que explica essa renovação, para alguns irmãos e irmãs aqui, do sentimento de plenitude, de paz, de desaparecimento de todas as dores, de todos os sofrimentos, de todas as emoções, onde resta apenas a magia do instante presente e da Vida.

Mas enquanto vocês correm, ou enquanto vocês falam de vocês, de seus pequenos interesses, de seus pequenos futuros, de suas pequenas preocupações, vocês não podem vivê-lo. A Luz toma todo o espaço quando vocês são Absolutos, sem forma e na forma. Não há nenhum lugar para outra coisa, nenhum. E isso vai se tornar cada vez mais verdadeiro, até um certo ponto em que muitos de vocês perceberão que realmente e concretamente não podem mais dormir, não podem mais comer, não podem mais participar do que quer que seja, mas se tornarão cada vez mais luminosos, transparentes, diáfanos. Vocês o verão em suas formas, em seus olhos, em sua tez, em seus gestos, em suas palavras. Isso vocês o são todos, nós o somos todos. Se vocês veem uma distância ou têm a impressão de que vocês têm alguma coisa a percorrer, bah, é simplesmente que vocês têm de soltar, é tudo ; o que quer que vocês tenham vivido, vocês não soltaram sua pessoa e sua personalidade.

Então naturalmente sua pessoa vai dizer : «  Mas não é possível ». A personalidade, a pessoa encontrará sempre coisas para dizer, mesmo nas coisas as mais perfeitas e as mais realizadas. Eu os convido, como eu disse, a talvez reler alguns testemunhos, aquele de Teresa, aquele de Gemma, sobre suas vidas, a tensão para a Luz que é o último abandono que Hildegarde lhes descreveu, porque vocês têm coisas chave ali. Naturalmente se vocês querem utilizar técnicas, vão, hein. Divirtam-se entre vocês, façam sessões de magnetismo, de osteopatia, e mesmo sessões de fofoca, se quiserem, sobre aqueles que não estão ali ; é humano, é normal. Vão totalmente.

Vocês sabem, eu já disse, isso foi dito pela boca do Cristo, que Deus, a Fonte, vocês chamem como quiserem, vomita os tépidos, porque os tépidos são aqueles que não se comprometem jamais – e eu não falo de vontade, aí, eu falo de comprometimento. Mas tudo isso explode na cara neste momento, quer vocês tenham consciência ou não neste instante. A realidade das mudanças materiais, quero dizer de seu sistema biológico encarnado, como da Terra, é mais do que evidente.

Então, outra intervenção ou outra questão.


Questão : eu aprendo piano com um professor que afirma que é acessível a todos chamar sua música interior. Eu me conecto ao meu ser interior e toco de olhos fechados. Eu não sei o que eu toco, é uma improvisação. Devo continuar ou estou em vias de me extraviar ?

Se extraviar ? Certamente não. Quando se diz que o mundo inteiro está em vocês ; Chopin, Bach, Mozart, Caccini, Tartini, os Italianos, os Austríacos, eles estão todos em vocês. Certamente que, se vocês têm a possibilidade de se esvaziar completamente, ou seja de desaparecer e chamar a criança interior ou o músico interior, se vocês têm essa confiança e essa certeza, que não é uma crença, mas está ligada à experiência, vocês poderão tocar piano ou não importa que outro instrumento sem nenhuma técnica ; mas tudo depende da confiança.

Então você vê, através da questão que você me formula aí, você tem confiança ? É evidente que não, uma vez que você coloca a questão. A partir do instante em que há escolha, não há Liberdade. A partir do instante em que você tem a impressão de escolher entre o que é bem e o que é mal, o que você come, o que você não come, o que você deve continuar ou prosseguir, ou parar, você está na pessoa, sem isso a questão não se coloca. O Liberado vivente, e sobretudo agora, no instinto da Luz, as coisas chegam espontaneamente, não há esforço a fazer. Se você faz um esforço, é que há ainda alguém capaz de fazer um esforço, ou seja sua pessoa.

Certamente vocês têm inumeráveis meios para tentar se aproximar da Infinita Presença e do momento em que vocês soltam completamente, vocês têm de escutar o Impessoal, escutar Uriel, vocês têm os cristais que permitem isso, vocês têm a Dança do Silêncio, vocês têm as Liberações memoriais de Ramatan ; vocês podem se divertir com tudo isso é claro. Mas quando eu digo « divertir », estejam conscientes de que é um jogo que concerne à pessoa e que lhes permite delimitá-la ainda mais em todos os recantos escondidos aos quais vocês estão identificados. Falei da maledicência, o fato de estar apegado à História, a uma projeção em uma data no futuro

Porque em definitivo, aquele que é liberado, o Absoluto, o Último, vocês chamem como quiserem, o Jnani, hein, eu creio, se diz. O Jnani, quer tenha um corpo ou não, isso não tem nenhuma importância, ele encontrou quem ele estava além de qualquer sentimento de « Eu sou ». Ele não é mesmo mais o « Eu sou Um », ele não é mesmo mais o observador, ele não é mais a testemunha, ele não é mais a consciência – ele é nada, e assim ele é Deus.

Mas o problema, é quando « Deus » quer jogar com os outros ; é o que fizeram os Arcontes, e aí isso se passa muito mal, a prova : vocês estão confinados aqui ainda. Vocês não podem pretender apoiar-se sobre algo que vocês teriam compreendido para dar o último passo, nós sempre lhes dissemos, o que quer que vocês tenham vivenciado. Então é claro, há... o ego é  muito astuto, porque quando você diz : « Ok, eu capitulo », o que é que ele vai lhes dizer ? « Ah sim, mas isso será mais simples se você deixa sua casa »,  « Isso será mais simples se você muda de companheiro », « Isso será mais simples se você muda de lugar ». Mas tudo isso, é a flauta do ego. Ah eu amo a expressão « flauta do ego », ou « o ego-flauta » se vocês querem, é a mesma coisa, hein.

Então é muito simples, se ainda existe uma questão em vocês, vocês não estão livres. Eu falo de uma questão que vocês se colocam a vocês mesmos, hein, não das questões que vocês colocam para nós, sem isso não haveria mais questões, certo. Mas o que vocês se perguntam a vocês mesmos, sobre vocês mesmos ? O que é que vocês se perguntam sobre amanhã ? O que é que vocês se perguntam sobre suas histórias afetivas ? O que é que vocês se perguntam sobre sua saúde ? Ainda uma vez, não confundam isso com a negligência, hein. Aliás simplesmente observem sua vida : vocês observam alguma coisa, não há nem sofrimento, nem emoções, nem pensamentos, nem cogitação, porque vocês estão além disso. É porque vocês estão posicionados acima disso, vocês estão posicionados ao contrário em pleno coração disso, no Coração do Coração como nós temos dito, no Fogo Ígneo.

Outra questão.


Questão : em um sonho, eu saí do metrô com minha mala. De um golpe a mala escapou e correu a minha frente para a estação. Ela se colocou entre as pessoas a toda velocidade e me foi impossível recuperá-la. Poderia me esclarecer sobre esse sonho ?

Certamente. De início, é necessário compreender que você sai do metrô, ou seja do subterrâneo : seu inconsciente está extremamente atravancado de bagagens inúteis : a mala. O que faz a mala com a Luz ? Ela se vai, há um trem para tomar é claro – a Liberação – e você, você corre atrás da mala. Você vê o que isso quer dizer, não é, hein ? Como as pessoas que morrem e que chegam no céu, entre aspas, nos mundos astrais com malas, hein ; elas não compreenderam nada, os pobres.

Assim há sonhos que lhes mostram simplesmente que vocês têm uma entrega, um trem para tomar, e vocês saem de seu inconsciente ou de sua vida a mais densa para tomar o trem para ir a outro lugar, de acordo ? O que é que vocês colocam antes – aliás ela lhes escapa -, é seu inconsciente, são seus pesos, suas memórias, vocês pensam arrastá-las com vocês ?  Além disso, eles os precedem vão na frente de vocês : a mala, ela corre. Você não tem de recuperar seu inconsciente, deixe-o chegar ao trem, você não tem necessidade de bagagens. Quando a mala chegar ao trem, se ela chegar antes que ele parta, ela se volatizará.

Assim você não tem necessidade de nenhuma bagagem, você não tem necessidade de nenhum peso, você não tem necessidade de nenhuma referência a um passado qualquer, a qualquer vida passada, a qualquer história, a qualquer futuro. Isso pede, esse sonho, para se tornar leve, e apreender que você não pode perder o trem, é impossível mas a mala, ela perderá o trem. Isso é seguro.

Outra questão.


Questão: é um outro sonho. Estou em um pequeno castelo em curso de restauração. Há irmãos e irmãs encontrados aqui. Um artesão pinta um mural, ele me diz para visitar todas as peças, mas eu tomo um corredor que me conduz a um escritório no coração da casa. O casal que dirige esse lugar está com uma menina. A mulher me convida a entrar, o homem estando um pouco hostil, ela me pede para cuidar da menina. Eu me sento perto dela e a cerco com meu braço. Saindo eu cruzo com um irmão que oferece um buquê de flores a uma outra menina presente.

Mas é muito simples. No lugar de explorar as peças, as numerosas Moradas do Pai, você se encontra no centro onde você fica, como você o disse com um casal, que é seu próprio Masculino sagrado e seu próprio Feminino sagrado, que te apresenta uma criança que tem necessidade de proteção. O que é essa criança ? É o que foi chamado a Criança interior, a inocência, a paz, o instinto da Luz do qual eu lhes falei hoje.

Então você foi atraído para o castelo, pela decoração, as pinturas, os murais como você disse, e no lugar de visitar as numerosas Moradas da Mansão, que é de fato a Mansão do Pai, você se encontra no centro, e aí, você encontra o quê ? O Masculino sagrado, o Feminino sagrado e a Criança interior. É aí onde a Luz te conduz neste momento mesmo, para todos, cada um sobre a terra, não somente para você através desse sonho.

Certamente, segundo seu imaginário, segundo seus fantasmas, segundo suas representações interiores, isso poderia ter se apresentado diferente. Mas aí, é muito belo, você tem alguém que vê um castelo, que vê seus afrescos, que reconhece irmãos e irmãs, que decide partir para explorar as peças, e que se encontra no centro.

Assim esse sonho o convida a ir ao Coração do Coração, ao Centro do Centro, e a deixar sua Criança interior, saída da fusão de seu Masculino sagrado e de seu Feminino sagrado, emergir. E efetivamente, há necessidade de estar de algum modo protegido e guiado, não pela sua pessoa, mas simplesmente por sua presença material. Eis o que vem te dizer esse sonho. A Criança interior nasceu, você a encontrou, ela te foi confiada. Não há mais nada a buscar, há somente a realizar a totalidade do que você é em relação a esse sonho, deixando a Criança interior se exprimir, estando à sua escuta.

Podemos continuar.


Não temos mais questões escritas.

Então passemos às questões orais, a menos que vocês tenham necessidade de fazer o silêncio de minhas palavras.


Restam cinco minutos antes da pausa, podemos fazer um pouco de silêncio ?

A menos que haja uma questão particular, efetivamente podemos permanecer no silêncio.

Muitos mestres, no passado lhes falaram desse silêncio. Se vocês não são capazes de estar em silêncio, seja nas conversações, seja no interior de vocês, vocês não podem ser Absolutos. Mas vocês não podem buscar o silêncio lutando contra o barulho, eu creio que eu respondi... eu falei um pouco disso em uma questão precedente.

O silêncio decorre de sua eternidade e do que vocês são. Enquanto vocês buscam o silêncio interior, isso quer dizer que ele não está aí, é assim simples. Ao contrário se ele lhes chega, sem que vocês percebam, por estarem distraídos, por perderem o fio, e se encontrarem sentados, seja diante de uma tela, diante de uma flor, diante de um inseto, diante da natureza, e vocês estão prontos para olhar deixando seu olhar flutuar, aí vocês desaparecem, cada vez mais assim, porque vocês não estão mais voltados para vocês mesmos, vocês estão voltados para a verdadeira Vida, que não é exterior, mas que é tudo o que vocês são. E isso vocês o vivem, certamente, é importante.

Assim o silêncio interior pode muito bem se acomodar de palavras e de barulho, é um estado de vacuidade interior. É nesse sentido que o Impessoal, através dos jogos vibratórios e dos jogos de consciência e das palavras, os tem conduzido, tomando pela mão, ao último limiar do Coração do Coração.

Então façamos o silêncio antes que vocês possam ir tagarelar um pouco e trocar entre vocês, não é, e nós retomaremos em seguida. Eu teria coisas a dizer é claro, ainda, evidentemente muito, mas esperarei quando das outras questões, se possível orais desta vez, porque nós teremos um pouco menos de tempo, esperando um outro dia, não é ? Agora façamos silêncio durante alguns minutos. Não há nada a buscar e nada a esperar.


… Silêncio…

Bem, então meus caros amigos, eu lhes digo : «  Após sua pausa » se bem empreendi. Até qualquer hora.


***

Tradução do Francês: Ligia Borges




PDF (Link para download) : OMA - Q / A - Parte 1 - Março 2017




3 comentários:

  1. Dessa vez o Aïva conseguiu ser ainda melhor (rs)... Superou-se de vez, se é que podemos falar assim...

    Algumas preciosidades extraídas dessa fala fantástica :

    - Quer dizer que a Luz hoje, lhes diz literalmente : « Então, você é a Luz ou não ? », mas aí você não pode mais ser uma pessoa e a Luz.

    - Não há nada mais vital senão vocês mesmos, não há nenhuma outra entidade senão vocês mesmos – e aliás não há nenhuma entidade.

    - Assim é necessário deixar a pequena pessoa se extinguir.

    - E vocês não veem o que se passa sobre a terra ? Vocês não veem o que se passa em vocês ? Vocês não veem os processos de extinção da vida que se desenrolam em vocês ? Vocês não o veem ao redor de vocês ?

    - Vocês pensam que o Liberado vivente vê as tramas temporais ?

    - Assim teríamos feito tudo isso para nada, é estúpido.

    - A doença está em estado terminal, e felizmente. Não é um coma, mas quase.

    - Conscientize-se bem de que é seu ego e somente seu ego que tem necessidade de ser tranquilizado, porque o ego não conhecerá jamais o Absoluto.

    - O absoluto não pode desabrochar enquanto o ego não está dissolvido, seja pelo caminho da Inocência, o caminho da Infância de Tereza, que se passe por vibrações ou o que quer que seja, que seja pelo caminho da vibração e da expansão da consciência, caminho que nós escolhemos para vocês e que vocês também escolheram, a maioria de vocês sobre a terra. Mas todo o resto, está uma bagunça. Quando é que vocês vão parar de acreditar nessas bobagens ? Do que é que vocês têm medo ?

    - Ele não é mesmo mais o « Eu sou Um », ele não é mesmo mais o observador, ele não é mais a testemunha, ele não é mais a consciência – ele é nada, e assim ele é Deus.

    ResponderExcluir
  2. O absoluto não pode desabrochar enquanto o ego não está dissolvido, seja pelo caminho da Inocência, o caminho da Infância de Tereza, que se passe por vibrações ou o que quer que seja, que seja pelo caminho da vibração e da expansão da consciência, caminho que nós escolhemos para vocês e que vocês também escolheram, a maioria de vocês sobre a terra. Mas todo o resto, está uma bagunça. Quando é que vocês vão parar de acreditar nessas bobagens ? Do que é que vocês têm medo ? E eu me dirijo a você : « Do que você tem medo ? ». Você tem medo do que você não conhece, e você queria conhecê-lo sem vivê-lo tanto isso dá medo.

    ResponderExcluir
  3. rendo graças, como sempre maravilhosas

    ResponderExcluir